Teologia africana: ensaios hermenêuticos sobre o fazer teológico africano

  • Elias Mande Laurindo André Faculdade Refidim
Palavras-chave: Teologia Africana, África, Teologia Pentecostal

Resumo

A teologia africana, em termos de localização epistemológica, insere-se no rol das teologias contextuais. Desse modo, o locus dessa abordagem é atravessado pelos pressupostos característicos das teologias contextuais. Pressupostos estes que são compostos pelos aspectos sociais, culturais, econômicos, políticos e religiosos do lugar de onde e para onde um determinado saber é produzido, nesse caso específico, de onde e para onde a teologia africana é produzida. A proposta deste artigo é falar da teologia africana enquanto teologia cristã, no entanto, falar-se-á sobre religiosidade africana numa perspectiva descritiva, sem estabelecimento de juízos de valores, pois esse texto não tem pretensão de discutir a validação ou funcionalidade das religiões africanas, apenas será feita uma breve abordagem para diferenciá-la da teologia e por ser parte intrínseca do ser africano. No final será feito um curto dialogo entre a teologia africana e a teologia pentecostal enquanto teologia do Espirito, esse Espirito que transpassa as barreiras raciais, nacionais e linguísticas.

Biografia do Autor

Elias Mande Laurindo André, Faculdade Refidim

Bacharel em Teologia. Pós-Graduando em Discipulado e Cuidado pela Faculdade Refidim. E-mail:
eliasmande@gmail.com.

Publicado
2017-10-05
Seção
Artigos