A teologia feminino-carismática de Frida Vingren

  • Gutierres Fernandes Siqueira Blog Teologia Pentecostal
Palavras-chave: Feminilidade, Frida Vingren, Masculinidade, Teologia Pentecostal, Carisma, Assembleia de Deus

Resumo

A missionária Frida Vingren é a primeira teóloga das Assembleias de Deus no Brasil. A marca de sua teologia é o carisma do Espírito Santo e o papel da mulher na construção do Reino de Deus. A senhora Vingren, dessa forma, representa a continuação de uma longa tradição cristã, nascida especialmente na teologia lucana, que é a teologia feminino-carismática. Essa construção teológica, diferente da Teologia Feminista da Libertação, não trabalha com bases ressentidas e nem quer subtrair a masculinidade, mas, trabalha conjuntamente pelo reconhecimento da igualdade na ação coletiva do Espírito Santo. O grande legislador Moisés desejou que todos fossem profetas (Números 11.29) e o profeta Joel profetizou o derramamento do Espírito sobre toda carne (Joel 2.28-29), portanto, pela ação carismática do Espírito, todos, não importando o gênero, podem ser revestidos de poder.

Biografia do Autor

Gutierres Fernandes Siqueira, Blog Teologia Pentecostal

Graduado em Comunicação Social pela Faculdade Paulus (FAPCOM) e pós-graduado em Mercado
Financeiro e de Capitais pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. É membro e professor de EBD na
Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém em São Paulo (SP). Edita há 10 anos o Blog
Teologia Pentecostal.

Publicado
2017-10-05
Seção
Artigos